Lê, e então?

O que fazes com as saudades?

Diz-me, o que fazes tu com as saudades? Conta-me: divides as saudades pelo teu dia ou sentes todas de uma vez? De dia ou de noite? Quando é que as saudades te entram mais pelo peito? Depois de um dia de trabalho, quando começas a relaxar? Ou logo pela manhã, antes do dia começar? São …

Continue Reading
Lê, e então?

Eu e tu, agora, é para sempre.

Sei que não fui a primeira a chegar, pois a vida muito nos fez caminhar para aqui nos fazer encontrar. Sei que não fomos juntos a primeira ansiedade e incerteza própria da idade. Sei que não fomos o primeiro abraço sonhado e partilhado e que não fomos o primeiro beijo roubado. Sei que não fomos …

Continue Reading
Lê, e então?

Olha-te ao espelho

Estás à espera de que alguém chegue e mude a tua vida? De que venham com pós mágicos e que te façam automaticamente feliz? De que te venham entregar todas as respostas de que precisas? Estás à espera de que alguém se vá e leve os teus dramas embora? Estás à espera de que alguém …

Continue Reading
Lê, e então?

Já cheira a Natal

Por aí não sei, mas nesta casa já é Natal! Já fizemos a árvore, já enfeitámos a casa e (juro) até já ouvimos músicas de Natal! Nós gostamos mesmo do Natal! Gostamos das luzes a piscar, das músicas em coro e de todos os tons de vermelho. Gostamos do frio e do aconchego no sofá …

Continue Reading
Lê, e então?

Que desculpa (te) vais dar?

Já sabes que o tempo não espera. Que ele corre sem te pedir autorização e te escorre entre os dias que passam sem dares conta. Já sabes que o tempo se gasta e não se compra de volta. E então? Os objectivos deste ano, como estão? Identificados? Começados? Cumpridos? Como te vais explicar que passou …

Continue Reading
Lê, e então?

Eu estou bem. E tu?

Estou bem. Estou bem e pronto. Não quer dizer que esteja em pleno êxtase e euforia de uma felicidade desmedida que mal me deixa fechar os olhos para descansar, mas estou bem. E dizer que estou bem, não quer dizer que “vou andando” ou que “estou benzinho”, como que a minorar o meu “estar bem“. …

Continue Reading
Lê, e então?

Gosto de gostar de ti

Gosto de gostar de ti.Adoro amar-te tanto. Amo adorar-te assim. Quando me dou, gosto de me dar por inteiro.Quando gosto não me sei dar só um pouco. Quando gosto não consigo deixar um pouco de mim comigo. Não gosto com cautelas. Não amo com precaução. E não adoro só uma metade tua. Não gosto só …

Continue Reading
Lê, e então?

A ti

A ti. A ti que me acompanhas durante todo o meu tempo. Que estás sempre comigo, mesmo quando não estás. Que me levas atrás, mesmo quando não vou. A ti que me escolheste para te dar a mão e te acompanhar pela vida. A ti. A ti que aprendeste a conhecer-me e a amar-me tal …

Continue Reading
Lê, e então?

Amor de um outro Mundo

Faz do teu amor, todos os dias, algo de especial. Faz do teu amor, todos os dias, uma criança pequena que precisa de mimo e atenção. Faz do teu amor, todos os dias o jardim que tens de cuidar para florescer. Todos os dias. Faz do teu amor, todos os dias, algo que não podes …

Continue Reading
Lê, e então?

Oferece-te tempo

Hoje ofereceram-te tempo! Deram-te uma hora a mais no teu dia e tu passaste o tempo a dizer que o dia rendeu, que parecia mais tarde, que ainda tiveste tempo para algo a mais que não estava nos planos. E aposto, até, que chegaste ao sofá bem mais cedo do que o normal. Foi ou …

Continue Reading