Lê, e então?

Onde não fores feliz, não te demores.

Mesmo que não saibas onde queres chegar, sabe onde não queres ir. Mesmo que estejas na dúvida de qual o teu destino, sabe primeiro de onde queres partir. Mesmo que não saibas onde vais querer ficar, sabe de onde te queres ausentar.

Vai por ali. Ou vai por ali. Ou sossega, se estás bem aqui. Faz o teu caminho confiante nos teus passos largos ou percorre a tua estrada pé-ante-pé se não tens segurança de te conseguir equilibrar. 

Vai por além. Ou vai por acolá. Só não te deixes ficar para trás nem te demores a ser feliz. Não percas o passo do tempo e não te atropeles na tua vontade. Não te esqueças do que és e do que pretendes. 

Respira fundo, endireita as costas e enche o peito. E acredita que chegarás sempre ao lugar em que te esperam.

Rita Leston. E Então?

Mural do LX Factory, por Hugo Makarov
Já nos segues nas redes Sociais? Deixa-nos o teu like para sabermos que aqui estiveste!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *