Lê, e então?

Manifesto da felicidade

Isto é uma espécie de manifesto para aprenderes a ser feliz.

Pára de te estares sempre a queixar, pessoas rezingonas não são pessoas felizes. 
Pára de achares que não consegues ou que é impossível para ti, nunca saberás se não tentares. 
Pára de culpar os outros, ninguém tem culpa das escolhas que tu fazes, a vida é tua, tens de decidir por ti.
Pára de seres um poço de negatividade e de pensares mal de ti próprio, não sejas o teu maior inimigo.
Deixa o passado lá atrás, precisamente porque é passado e nós não vivemos lá.
Não resistas à mudança, porque é da mudança que vem o crescimento e ela não é um bicho mau.
Não tens de impressionar ninguém, tu és a pessoa mais importante para ti.
Não tens de ter a aprovação de ninguém, tens é de ter a tua consciência tranquila.
Não tens de estar sempre certo, porque todos nos enganamos e temos dúvidas. 
E nunca desistas, acredita que haverá sempre uma maneira de conseguires o que queres.
Mereces o melhor, mereces o amor, mereces ser feliz, e que ninguém te diga o contrário, principalmente tu próprio.

Relê tantas vezes quantas sejam necessárias para decorar. De trás para a frente e de frente para trás.

E pensa que um dia vais olhar para ontem e dizer: eu consegui!

Marta Almeida. E Então?

Já nos segues nas redes Sociais? Deixa-nos o teu like para sabermos que aqui estiveste!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *