Lê, e então?

Por fazer? Quase tudo!

Por fazer? Quase tudo!

Nunca está tudo feito, tudo pronto e acabado para pôr debaixo do braço e levar para casa. É uma construção permanente. E felizmente! Senão onde ficava a nossa motivação para o dia-a-dia?

É este ano que vais finalmente deixar de dar tanto valor à opinião dos outros? É este ano que vais finalmente arriscar e tentar, sem ter medo de que possa não correr bem? É este ano que te vais assumir enquanto a pessoa que és e deixas de estar sempre a pedir desculpa por tudo e por nada? Por existires? Claro que sim!

Coloca a fasquia mais alta, coloca-te lá mais para cima. Ouve mais o teu coração e faz as coisas com paixão. Vai correr bem!

Hoje é dia 4, estamos mesmo no início e está tudo por fazer. Na tua lista põe tudo. E começa.

Marta Almeida. E Então?

Já nos segues nas redes Sociais? Deixa-nos o teu like para sabermos que aqui estiveste!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *