Lê, e então?

Com quem competes?

Cada vez percebo mais que a minha luta diária, não é com os outros, é comigo.

A minha luta é contra o meu permanente adiar, prolongar, deixar para depois. A minha luta é contra a minha inércia e incapacidade de tomar algumas decisões. A minha luta é contra o adiar inícios e prolongar fins.

A minha luta é contra as minhas escolhas de comida que nem sempre são as melhores e que acabo por, mesmo assim, comer. É contra o ‘trabalho’ que dá ler, adquirir informação e conhecimentos, e que acabo por rejeitar porque nunca tenho tempo. É contra os pensamentos negativos e contra a falta de criatividade que, por vezes, me invade e que me faz fazer tudo, todos os dias, da mesma maneira.

É comigo que luto todos os dias.
Sou eu contra mim própria. Todos os dias.

E tu? Com quem lutas?

Marta Almeida. E Então?

Já nos segues nas redes Sociais? Deixa-nos o teu like para sabermos que aqui estiveste!

2 thoughts on “Com quem competes?”

  1. Olá Marta,
    Revejo-me em cada palavra, em cada vírgula.
    Impressionante 😊

    Como dar a volta a isto? Aceitar? Contrariar?
    O que fazes?

    Beijinho
    Paula

    1. Como dar a volta? A primeira resposta que me vem à cabeça é simples: nem sempre consigo. É mesmo a minha luta diária.
      Acho que decisivo e importante é reconhecer que é um problema meu e que por isso tenho que lutar contra ele.
      Depois, não há segredo nenhum. É ter isso presente e arranjar estratégias para o ultrapassar. Ler, pesquisar, encontrar inspiração e motivação noutras pessoas.
      Ah, já me esquecia: organização do tempo. Outro calcanhar de Aquiles! Tenho a mania das listas e mais recentemente, tenho usado o bloco de notas do telemóvel. Ajuda muito. Apontas tudo para não te esqueceres de nada.
      É um problema que tenho, que ainda tenho, mas que luto todos os dias para resolver. Obrigo-me a isso. Um dia chego lá.
      beijinhos
      Marta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *