Lê, e então?

Desistir não é opção

A determinada altura vais querer desistir. É normal.

O progresso em direcção ao teu objectivo é lento, não avança tão depressa quanto queres, os resultados não aparecem. Vais ficar algumas vezes no limite do teu cansaço e duvidar da tua sanidade. E vais querer desistir.

Parece que em vez de andares para a frente, andas para trás, exactamente ao contrário do que querias. Parece que para um passo em frente deste 10 atrás. É frustrante. E vais querer desistir.

Vais ter de te controlar. Da mesma maneira que controlas o que vestes, que controlas o que comes e o que bebes, vais ter de controlar a tua forma de pensar. As tuas emoções e os teus pensamentos. Vais ter de controlar se a tua escolha é continuar ou desistir. Vais ter de ver mais além. Pensar no teu futuro e pensar que vale a pena. Pensar que mesmo que os passos sejam pequenos, ainda assim são vitórias.

E não vais querer desistir.

Marta Almeida. E Então?

Já nos segues nas redes Sociais? Deixa-nos o teu like para sabermos que aqui estiveste!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *