Privado

Pára e respira

Eram 6:40 e no meu bairro não havia luz. Ou seja, na minha casa não há luz, nem água quente, nem secador de cabelo e afins. Não há elevadores, nem portão de garagem a funcionar. Não há torradeira, nem há máquina de café para acordar e não há grande tempo para parar.

Eram 6:40 e há a estupefacção. A birra de nos trocarem as voltas, misturada com o sono. Curiosamente passei a noite a sonhar que não conseguia chegar a horas ao emprego porque tudo me atrasava. Fiquei a pensar que o acto simples de ligar um botão, nos faz tanta falta.

Eram 6:40, uma panela de água aquece ao lume, para conseguir finalizar o que irá ser um banho de água fria com um final mais quente, quando olho pela janela.

Eram 6:40 e penso que a vida não é tão má assim. Fez-me ver este nascer do sol maravilhoso logo ao abrir do olho; fez-me trocar a ordem da manhã; fez-me rir com o miúdo e as preocupações dele; fez-me sair da zona de conforto logo ao acordar. E fez-me sair de cabelo cheio de vontade própria. E está tudo bem. Tem de estar.

Rita Leston. E Então?

Já nos segues nas redes Sociais? Deixa-nos o teu like para sabermos que aqui estiveste!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *