Lê, e então?

Não quero

Não quero outro lugar. Outro sítio. Outra pessoa. Outro beijo ou abraço. Não quero outra história. Outra memória. Outra surpresa ou emoção. Não quero outro amor. Outra paixão. Outro sentimento ou apego. Não quero outro caminho. Outro destino. Outro rumo ou direcção.  O teu sorriso. O meu riso. O teu abraço. O meu mimo. O nosso …

Continue Reading
Lê, e então?

Sê mais forte do que as tuas desculpas.

Sê mais forte do que as tuas desculpas. Sê mais insistente do que a tua lamúria. Sê mais obstinado do que a tua teimosia. Sê mais destemido do que a tua coragem. Sê mais forte do que a tua sorte. Sê mais incansável do que a tua rotina. Luta sempre mais um pouco do que …

Continue Reading
Lê, e então?

Quem é ela?

Ela é quem já se desfez em mil pedaços e se perdeu pelo caminho e ela é quem encontrou o caminho de volta sozinha. Ela é quem já tropeçou e foi derrotada. Ela é quem já teve tanto medo que só chorava. Ela é quem sempre conseguiu sonhar acordada. Ela é quem já se olhou …

Continue Reading
Lê, e então?

Que viste tu em mim?

Não sei o que viste em mim. Não sei o que te fez ficar e nunca por nunca me abandonar. Não sei o que te fez conseguir ver para além do feitio especial e que te conseguiu encantar. Não sei o que te fez conseguir derrubar aquele muro que me rodeava, para me resgatar da …

Continue Reading
Lê, e então?

Sinto muito.

Por falta de amor eu não morro. Por não conseguir gostar, por não me saber doar, por não acreditar sempre no amor, por falta de saber amar, eu não hei-de morrer. Se há coisa que eu sei fazer é sentir. Sentir demais! Sentir tudo até à última gota. Sentir cada bocadinho daquilo que sinto. Sentir …

Continue Reading
Lê, e então?

O tempo só é teu enquanto o tiveres.

Percebe que hoje não é um dia a mais do que ontem, é um dia a menos do que amanhã. Quando perceberes que tudo é finito, vais aprender, finalmente, a dar valor ao dia em que estás, onde chegaste e ao que tens. Percebe que o tempo não se repete e que segundas oportunidades são …

Continue Reading
Lê, e então?

Eu e tu, agora, é para sempre

Sei que não fui a primeira a chegar, pois a vida muito nos fez caminhar para aqui nos fazer encontrar. Sei que não fomos juntos a primeira ansiedade e incerteza própria da idade. Sei que não fomos o primeiro abraço sonhado e partilhado e que não fomos o primeiro beijo roubado. Sei que não fomos …

Continue Reading
Lê, e então?

Estou bem. E tu?

Estou bem. Estou bem e pronto. Não quer dizer que esteja em pleno êxtase e euforia de uma felicidade desmedida que mal me deixa fechar os olhos para descansar, mas estou bem. E dizer que estou bem, não quer dizer que “vou andando” ou que “estou benzinho”, como que a minorar o meu “estar bem“. …

Continue Reading
Lê, e então?

Não sejas prisioneiro das tuas escolhas

Quando escolheres, escolhe bem. Não escolhas porque te escolhem ou por falta de opção. Não escolhas porque não queres ficar sem ninguém ou por falta de atenção. Quando escolheres, escolhe pelas razões certas. Escolhe porque te fazem alguém melhor e te ajudam a ser maior. Escolhe porque te alegram o teu dia e porque te …

Continue Reading
Lê, e então?

Nunca te esqueças

Nunca te esqueças de quem não te esquece e de quem cumpre o que te promete. Nunca te esqueças de quem faz de ti uma prioridade e te traz felicidade. Nunca te esqueças de quem te escuta e de quem te pergunta. Nunca te esqueças de quem te dá atenção e de quem te defende …

Continue Reading