Lê, e então?

Sê igual a ti mesmo

Num mundo convencional, deixa sempre espaço para a tua rebeldia. Sê a ovelha negra num mundo de iguais ou pinta-te de arco-íris e sai do morno cinzento dos demais.

Num mundo em que tantos são iguais, escolhe, antes, ser igual ti. Deixa espaço para seres quem tu quiseres e como quiseres. Tem a liberdade de te afirmares como és e de te mostrares como entenderes.

Num mundo de aparências nunca deixes que escolham nada por ti. Escolhe a roupa que te faça sentir confiante. Escolhe o peso que te deixe confortável. Escolhe uma cara lavada ou maquilhada. Ou, se quiseres, escolhe andares despenteada.

Num mundo de aparências, escolhe viver a tua vida da forma que te apetecer. Escolhe seres quem te faz bem. Escolhe saberes sentir. Escolhe saberes amar-te e escutar-te. Escolhe saberes escolher.

Num mundo do “bem parecer“, escolhe, antes, o “bem ser“.

Rita Leston. E Então?

Já nos segues nas redes Sociais? Deixa-nos o teu like para sabermos que aqui estiveste!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *