Lê, e então?

Amar tem de ser simples

É a amizade, é o carinho, é a conversa, a confiança, o companheirismo, a lealdade. É tudo isto elevado ao expoente máximo que faz um amor. É o querer partilhar as insignificâncias do dia e as coisas importantes. É querer estar porque faz bem. É a química e o riso. A vontade e a calma. É não esconder, nem fazer jogos. É ajudar e pedir auxílio. É compreender e ser entendido. É ter problemas e resolvê-los. É fazer de nós alguém melhor. É saber elogiar e que também nos dão valor. São sonhos e planos. É o sermos nós e ser fácil. 

É ser eu. E tu.
E nada mais.

Rita Leston. E Então?

Já nos segues nas redes Sociais? Deixa-nos o teu like para sabermos que aqui estiveste!

1 thought on “Amar tem de ser simples”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *