Privado

Amizade e um par de meias

Hoje, ofereceram-me estas meias que vão passar a ser as minhas meias preferidas, assim como que se de mágicas se tratassem.

Ofereceram-me estas meias porque, ultimamente, tenho tido um conjunto de dias da treta – e digamos que chamar-lhes dias de treta é ser simpática, mas assim fiquemos – e onde ando uma treta de pessoa.

Há dias de treta. Há fases de treta. Há humores de treta. Há paciência de treta. E isto é o meu espírito nos últimos tempos.

Hoje, com um simples par de meias, eu soube que sou entendida, que gostam de mim, que me acompanham e que me apoiam na minha treta de dias e de feitio.

A partir de hoje, eu tenho as minhas meias de fugir do mundo. Aquele mundo em que eu, vez em vez, perco a fé e de onde me apetece fechar a porta e não mais regressar. A partir de hoje, eu tenho as minhas meias vermelhas, que podem ir passear pela Yellow Brick Road da minha vida, entrar num mundo encantado e deixar as tretas lá fora.

É. Há dias que tudo é uma treta. Tudo menos a amizade.

Rita Leston. E Então?

Já nos segues nas redes Sociais? Deixa-nos o teu like para sabermos que aqui estiveste!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *