Lê, e então?

Dá(-te) valor

Lembras-te dos dias em que não tinhas aquilo que desejavas ? Dos dias em que rezavas por ter aquilo que, hoje, alcançaste? Dos dias em que choravas por não ter aquilo que querias? Das noites em que te sentias numa solidão silenciosa, acompanhada por nada mais do que tu? Lembras-te de quando só tinhas sonhos …

Continue Reading
Lê, e então?

Veni. Vidi. Amavi.

Chegámos. Vimos. Amámos. A vida trouxe-nos até aqui e fez-nos dar as voltas que entendeu. Fez-nos perder sem rumo, até que nos surpreendeu. Fez-nos de uma forma dura aprender a amar e a saber que valor dar. A vida sabia onde iríamos chegar. A vida fez-nos cruzar o olhar e, um no outro, logo descansar. …

Continue Reading
Lê, e então?

Há gente que será sempre da gente

A nossa vida é uma sucessão de encontros e desencontros. Passam-nos pessoas pela vida todos os dias. Umas que nem damos por elas, outras com alguma notoriedade e outras que chegam e se instalam para ficar. E, quando ficam, nem significa que permaneçam junto de nós. Significa que permanecem dentro de nós! Há os que …

Continue Reading
Lê, e então?

Histórias de nós

Há histórias que não acabam. Até podemos tentar colocar-lhes um ponto final. Reclamar. Rebater pontos de vistas. Trocar acusações. Dizer “adeus, até um dia”. Fechar o livro e tentar passar à história seguinte. Há histórias que não se calam sozinhas. Que não sabem ficar sossegadas e teimam em rasgar a folha da palavra fim. Há …

Continue Reading
Lê, e então?

Um amor que é “O” amor

Um amor diferente. Um amor maior. Um amor presente e nunca ausente. Um amor atento e preocupado. Um amor por inteiro e bem educado. Um amor que não se encontra ali ao lado. Um amor sincero. Um amor risonho. Um amor que é diferente e que chegou como um presente. Um amor que é tranquilo …

Continue Reading
Lê, e então?

E se eu te beijar?

Apetecia-me apanhar-te desprevenido. Desinquietar-te quando menos esperes. Encostar-te à parede e olhar-te nos olhos. Colocar-me tão próxima que o meu perfume te inebrie. Ter os meus pensamentos tão perto que os consigas ouvir. Estar com tal proximidade que sintas o meu coração acelerar.  E se me apetecer surpreender-te? Foges? Se a minha boca parar a meio …

Continue Reading
Lê, e então?

Wish Upon a Star

Fecha os olhos. Respira fundo. Relaxa.Agora pensa. De que sentes tu a falta? O que te faz sentir que te tiraram algo que era teu? O que te faz pensar na nostalgia do que perdeste? O que querias de volta se fizesses diferente? O que é que, no mais íntimo de ti, te faz sentir …

Continue Reading
Experimentámos, e então?

Beleza mais do que interior

Mais do que te sentires bem por fora, tens de te sentir bem por dentro. Tens de irradiar essa luz própria, que está guardada em ti e usá-la para iluminar o teu caminho, ou então vais só brilhar só metade do que mereces. Tens de ser única na tua própria pele, tens de ser original …

Continue Reading
Lê, e então?

A sorte dá trabalho

A sorte conquista-se todos os dias, num emaranhado de horas longas e cansativas. A sorte tem dias preenchidos e retorcidos que nos levam ao limite. A sorte constrói-se de uma forma lenta e consolida-se com muito tempo. A sorte trabalha-se até sair perfeita. A sorte tem lágrimas, suor e pés cansados. A sorte tem sono …

Continue Reading
Lê, e então?

Posso ser criança outra vez?

Dia 1/Junho – Dia Mundial da Criança Crescer custa!! Ser crescido não tem piada nenhuma. Ter responsabilidades é chato. Ter de avaliar as nossas decisões é duro. Não poder brincar ao faz de conta é uma seca. Não ter tempo é um inferno. Posso ser pequenina outra vez? Mas se pensares que a vida é uma brincadeira, tudo fica …

Continue Reading