Lê, e então?

Sabes pedir ajuda?

Sabes que não és o máximo em tudo? Sabes que não tens de conseguir ser a melhor? Que não tens de conseguir chegar a todos os objectivos? Que não tens sempre de superar as tuas metas, muito menos as dos outros? Que não tens de saber tudo ou conseguir fazer tudo sozinha? Sabes que podes …

Continue Reading
Lê, e então?

Sabes pôr-te no lugar do outro?

Algumas das melhores pessoas que conheço têm uma vida que de boa não tem (quase) nada. Algumas das melhores pessoas que conheço já passaram por períodos muito maus. Algumas já sofreram o inimaginável e já perderam muito. Algumas já perderam (quase) tudo. Já passaram pelos maiores desafios e provações. Já foram vítimas das maiores injustiças …

Continue Reading
Lê, e então?

Já ajudaste?

Moçambique sofre, neste momento, uma das maiores catástrofes por que já passou. Os estragos são incalculáveis e o número de vítimas não pára de subir. Em Moçambique, neste momento, falta comida, faltam medicamentos, faltam roupas, falta água potável. Tristemente, em Moçambique falta tudo. Aqui ao longe, podemos fazer mais do que lamentar o que se …

Continue Reading
Lê, e então?

Pensa alto

Todos temos os nossos problemas e dilemas e nem sempre temos sequer tempo para os resolver. Muitas vezes nem é tempo, é disponibilidade mental. Parece que só por começar a pensar no que temos de decidir, ficamos com a cabeça a latejar e ainda mais confusos. Muitas vezes só queremos alguém que nos ouça e …

Continue Reading
Lê, e então?

Sabem que do sofá não se vêem as estrelas?

E deparo-me com uma notícia que me deixa com profunda tristeza. Com tristeza de estarem a tentar fazer o mal a quem só pratica o bem. Com a tristeza de ver uma casa que é deles, e com um contrato válido assinado pela Câmara Municipal de Sintra, a querer-lhes ser retirada, mais uma vez. E com …

Continue Reading
Lê, e então?

Não é fita. É ansiedade.

Hoje, enquanto me deslocava para o trabalho, vi uma senhora completamente em pânico. Só porque o metro parou fora da estação e não abria as portas. Começou a ficar aflita, ansiosa e acabou em pânico, a chorar e com dificuldades em respirar. Passados alguns minutos, o metro retomou o seu andamento. Não aconteceu nada. Reconheci-me …

Continue Reading
Lê, e então?

Heróis do Silêncio

Há um ano atrás o país estava a arder e há dois dias tivemos uma tempestade, como poucas ocorreram por cá. E eu dei por mim a pensar nos bombeiros por esse país fora. Nestes dias, todos nos lembramos deles. Infelizmente – muitas vezes – só nestes dias em que o desespero se extrema. E, eu, admiro-os …

Continue Reading