Lê, e então?

Amar mais

Amar alguém na calmaria é fácil. Amar alguém quando tudo corre bem e não nos desilude, é o que de mais fácil há. Amar quando tudo é tranquilo, é simples. Amar alguém que nos ama, que nos retribui o mesmo que lhe oferecemos, é mesmo fácil! Difícil é amar na confusão e na incerteza do …

Continue Reading
Lê, e então?

Sim. Sem senão.

Não me mostres as estrelas, se não pretendes abrigar-me da noite. Não me envolvas nos teus braços, se não tencionas proteger-me do mundo. Não me questiones, se não queres ouvir-me sem fim. Não me roubes o chão, se não vais ficar para me agarrar. Não me dês paz, se me vais deixar numa guerra. Não me …

Continue Reading
Lê, e então?

Boa noite

Adormecer ao som das batidas do teu coração. Fechar os olhos e assim ficar com a cabeça no teu peito. Sentir o teu calor da tua pele junto a mim. Brincar em movimentos incertos com a ponta dos dedos em ti. Sentir que brincas com os meus cabelos, que os afagas e despenteias.  Adormecer ao …

Continue Reading
Lê, e então?

Só Amor

Não se vê, sente-se. Não se mede, não se pesa, não se toca, não se cheira. Sente-se! Aquilo que é realmente importante acontece num plano não palpável. Não visível. É de dentro. É o que transborda sem se ver. É o que nos move. Ou que deveria mover… Rita Leston. E Então? Já nos segues …

Continue Reading
Lê, e então?

Vamos à lua?

Gosto da lua! Encobre os amantes e desvenda as emoções. Tanto os acelera, como faz descansar os corações. Guarda os maiores segredos e desvenda todos os desejos. Dá-nos força para o caminho e luz para chegar ao destino. Lê-nos os pensamentos de todos os momentos, mostra-nos todos os quereres e dá-nos todos os poderes. Gosto …

Continue Reading
Lê, e então?

Amar tem de ser simples

É a amizade, é o carinho, é a conversa, a confiança, o companheirismo, a lealdade. É tudo isto elevado ao expoente máximo que faz um amor. É o querer partilhar as insignificâncias do dia e as coisas importantes. É querer estar porque faz bem. É a química e o riso. A vontade e a calma. …

Continue Reading
Lê, e então?

Dizes-me?

Tenho uma dúvida: eu faço-te falta? Sou-te importante? A minha presença muda algo no teu dia? A minha ausência incomoda-te ou nem dás por ela? Sorris quando pensas em nós? Irritas-te quando eu te ignoro? Viras o mundo do avesso se te desapareço? Amas-me quando te falto? Afinal, tenho várias dúvidas. Tenho perguntas para as …

Continue Reading
Lê, e então?

Juntos somos tudo

Quando tu estás, eu acalmo. Quando tu estás eu descanso. Quando tu estás, eu avanço. Quando tu estás, eu estou protegida. Quando tu estás, nada me afecta. Quando tu estás, eu estou completa. És a minha paz. És o meu sossego. És o meu colo onde me aconchego. És onde vou buscar ainda mais força …

Continue Reading
Lê, e então?

Veni. Vidi. Amavi.

Chegámos. Vimos. Amámos. A vida trouxe-nos até aqui e fez-nos dar as voltas que entendeu. Fez-nos perder sem rumo, até que nos surpreendeu. Fez-nos de uma forma dura aprender a amar e a saber que valor dar. A vida sabia onde iríamos chegar. A vida fez-nos cruzar o olhar e, um no outro, logo descansar. …

Continue Reading
Lê, e então?

Há gente que será sempre da gente

A nossa vida é uma sucessão de encontros e desencontros. Passam-nos pessoas pela vida todos os dias. Umas que nem damos por elas, outras com alguma notoriedade e outras que chegam e se instalam para ficar. E, quando ficam, nem significa que permaneçam junto de nós. Significa que permanecem dentro de nós! Há os que …

Continue Reading