Lê, e então?

Wish Upon a Star

Fecha os olhos. Respira fundo. Relaxa.Agora pensa. De que sentes tu a falta? O que te faz sentir que te tiraram algo que era teu? O que te faz pensar na nostalgia do que perdeste? O que querias de volta se fizesses diferente? O que é que, no mais íntimo de ti, te faz sentir …

Continue Reading
Lê, e então?

O tempo só é teu enquanto o tiveres.

Percebe que hoje não é um dia a mais do que ontem, é um dia a menos do que amanhã. Quando perceberes que tudo é finito, vais aprender, finalmente, a dar valor ao dia em que estás, onde chegaste e ao que tens. Percebe que o tempo não se repete e que segundas oportunidades são …

Continue Reading
Lê, e então?

Arrependimento mata?

Nunca é a altura certa. Parece que nunca há tempo. Que pode ser depois ou a seguir. Que amanhã vamos. Que para a semana é que tem de ser. Que não passa deste mês. E depois passa o tempo, passa a oportunidade e passa a boa vontade. Depois passa a vida e bate à porta …

Continue Reading
Lê, e então?

Living a dream

Há quem tenha sonhos quase inimagináveis, quanto mais exequíveis. Há quem tenha sonhos de luxo e difíceis de adquirir. Há quem peça coisas tão longínquas, que ficam tão longe que se não conseguem ir buscar. Os meus sonhos são simples que de tão simples se conseguem quase agarrar. Os meus sonhos são básicos e nem …

Continue Reading
Lê, e então?

Os teus sonhos

Ninguém se preocupa com os teus sonhos como tu, simplesmente porque são os TEUS sonhos. Pessoais e intransmissíveis, nossos até ao fim. Porque são os teus sonhos que até pode acontecer ninguém entender. São os teus desígnios e é o que de mais profundo tens em ti. Os teus sonhos. Ninguém se vai preocupar em …

Continue Reading
Lê, e então?

Arruma o teu caos

Começa por cima. Começa por retirar dos ombros o que te embaraça o dia. Tira as coisas mais simples de prescindir e que atrapalham, sem serem bem um problema. Aquelas coisas que nos irritam o dia-a-dia e que não nos servem para nada. As coisas simples de que não gostamos e que nos fazem torcer …

Continue Reading
Lê, e então?

Muda com o passo do tempo

Os tempos mudam. Os nossos desejos e vontades mudam. Os nossos objectivos e prioridades, mudam também. E quem somos, em quem confiamos e de quem nos rodeamos, vai mudando ao mesmo tempo. Vai evoluindo e crescendo connosco e passando por diversas fases. E não é mau, é apenas uma mutação. O que era ontem, hoje …

Continue Reading
Lê, e então?

Empina o nariz

Tens a tua opinião por alguma razão. Tens as tuas convicções e decisões. Tens os teus desejos e quereres, tal como tens os teus objectivos e sonhos. São teus e de ninguém mais. Pessoais e intransmissíveis. E não precisam de justificação. O teu pensar é tua propriedade e a tua forma de ser é a …

Continue Reading
Lê, e então?

Todos os sonhos do mundo

“Disseram-me que para quem sonha alto o tombo é grande. Só que se esqueceram de me perguntar se eu tenho medo de cair. “Bob Marley Nunca traves os teus sonhos por medo de cair pelo caminho. Não deixes de querer, só porque pode ser arriscado. Não deixes de tentar porque podes esfolar os joelhos. Faz …

Continue Reading
Lê, e então?

Todos os sonhos do mundo

Sempre tive em mim todas as certezas. Sempre estive convencida de que sabia bem qual o caminho que deveria tomar. Racional. Determinado e realista. Senhora do meu nariz e dos meus ideais. De repente, a vida levou-me as certezas duras. Trocou-as por sentimentos que desconhecia. Amaciou-me o pensar e mostrou-me cores que nunca tinha antes …

Continue Reading