Lê, e então?

Lembrete

Só para o caso de te teres esquecido: Se te parece errado, não faças. Não faças fretes para agradar. Confia nos teus instintos. Só tu sabes o que sabes. Não penses mal de ti própria. És a tua melhor pessoa. Não desistas do teu sonho. O caminho é teu. Não tenhas medo de dizer que …

Continue Reading
Lê, e então?

Não deixes para depois

Bom dia, com mais uma semana pela pela frente! Que seja suave e recheada de boas coisas. Que seja simples e produtiva. Que seja confortável e com amor. Já vai cheirando a Natal e há uma especial boa vontade entre as pessoas. Aproveita o sorriso de quem te deseja um Feliz Natal e devolve em dobro. …

Continue Reading
Lê, e então?

A tua vida é melhor do que a minha?

Já te aconteceu sentir inveja daquelas pessoas que estão sempre bem arranjadas, bem vestidas e maquilhadas, pessoas inteligentes, que fazem viagens para sítios fantásticos e que gostam sempre muito daquilo que fazem? Já? A mim também. Pode até nem ser bem inveja, mas pelo menos coloca-nos a questão do “E porque não eu?“ Nas redes sociais …

Continue Reading
Lê, e então?

Always look on the bright side of life

Muitas vezes somos tendencialmente pessoas pessimistas e que nos martirizamos com nadas de nada. E, eu, se me distraio, sou assim também. É mais fácil esperar pelo pior para assim nunca ter de lidar com desilusões, esperanças goradas e expectativas frustradas. Primeiro, vejo sempre o lado mau e só depois, mais tarde e com calma, é …

Continue Reading
Lê, e então?

Afinal, tens medo de quê?

Todos nós temos medos. Uns maiores do que outros, uns que nos condicionam as decisões, outros que nos fazem só estremecer. Alguns conseguimos ir vencendo e aprendemos a geri-los, mas há outros medos que nos anulam e nos fazem parar.  Há medos nos prendem ao chão e que nos deixam sem acção. Há medos que nos …

Continue Reading
Lê, e então?

E se na vida optasses por não sentir?

Já pensaste o que seria a tua vida sem amor? Sem afectos, nem emoções de maior. Sem paixão, nem compreensão. Sem carinho, sem dares conta de que estás sozinho. Já pensaste se a tua vida fosse livre de te magoares? E também de te emocionares. Se passasses pela vida sem que te espantasses. Se nada …

Continue Reading
Lê, e então?

Vamos jogar um jogo?

Se deres por ti a reclamar da vida, imagina que estás a participar num jogo. E que ganhaste um prémio! Todas as manhãs, vais ter dinheiro na tua conta. Uma das regras do jogo é que todo o dinheiro que não gastares é-te tirado da conta. Outra das regras, é que não o podes transferir …

Continue Reading
Lê, e então?

E tu? Estás (des)confortável que chegue?

A nossa área de (des)conforto! Uma zona estranha de que não ousamos falar e tentamos não importunar.  Será que não é a nossa área de conforto que nos deixa no (des)conforto? Ora, vejamos. Num dia de chuva diluviana da semana passada, num dia que era fotocópia de tantos outros, decidi sair do meu trilho de …

Continue Reading
Lê, e então?

Não te escondas de ti.

Escondo-me porque não quero ver, nem quero enfrentar. Porque não quero ser julgada, nem tentar julgar. Escondo-me de pessoas chatas, com vidas chatas e problemas chatos – eu. Escondo-me de medos e de coisas que me assustam. Escondo-me de coisas que me bloqueiam e de coisas que me fazem mal. Escondo-me de um passado que não quero …

Continue Reading
Lê, e então?

O hoje já é hoje.

Hoje. É aqui que estás e é aqui que chegaste. É aqui que podes fazer algo por ti ou por quem te rodeia. É aqui, no hoje, que podes tomar atitudes diferentes. Dizer palavras diferentes. Ir à sítios diferentes. Comer coisas diferentes. Mudar o que não te deixa contente. Hoje é o teu presente onde …

Continue Reading